Bolha do NBB: Brasília perde 2º jogo em casa

Em partida válida pela 4ª rodada do Novo Basquete Brasil (NBB), o Brasília acabou derrotado pelo Basquete Unifacisa por 91 a 74, no Ginásio da ASCEB. Com destaque positivo para o ala-pivô Diego, 22 pontos e 12 rebotes, o time candango não resistiu a imposição defensiva e movimentação rápida da equipe paraibana, que terminou ganhando os quatro períodos da partida (26 x 24, 25 x 16, 18 x 16, 22 x 18).

ACOMPANHE AQUI A COBERTURA DOS JOGOS NO NBB EM BRASÍLIA

Foto: Gabriella Tomaz

O começo de jogo foi intenso, com as equipes com acertos de bolas de três pontos entre si. Diego foi o fator fundamental para que o time conseguisse acompanhar o ímpeto da Unifacisa, que fez questão de abusar de movimentações fora da bola e corta-luzes para criar situações favoráveis para pontuar.

No 2º quarto, essa tendência continuou. Os paraibanos ainda priorizaram a bola de três. Além disso, eles também contaram com um ritmo defensivo forte e um jogo de transição. Pelo lado do Brasília, o armador Nezinho, de 39 anos, não teve o mesmo desempenho da partida anterior contra o Minas e teve dupla marcação exercida pela Unifacisa.

Foto: Gabriella Tomaz

Em seguida, o domínio da equipe de Campina Grande continuou, mesmo com os erros frequentes a partir da metade do 3º período. O que não mudou esse cenário em função da falta de criatividade do Brasília, que insistia em buscar jogadas individuais e não conseguia capitalizar os erros dos jacarés.

No fim, as dificuldades do Brasília perduraram, porém vale destacar a presença positiva e liderança do armador Pedro Rava, que se revoltou quanto às decisões da arbitragem dentro de quadra e se doou inteiramente no último quarto da partida agoniante disputada pela equipe brasiliense.

O próximo jogo do Brasília na capital é contra o Fortaleza/Basquete Cearense às 11h30 do próximo domingo (06/12) no Ginásio da ASCEB.

Por Thiago Quint

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção