Série D: Brasiliense e Ituano ficam no 0 a 0

Brasiliense e Ituano empataram em 0 a 0 neste domingo (26), no Estádio Serejão, em Taguatinga (DF), pela quarta rodada do Grupo A13 da Série D do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os times seguem dividindo a liderança da chave, com vantagem para o time paulista por ter melhor saldo de gol.

Leia mais sobre esportes

Em uma partida com raras chances de gol e com um meio campo muito interditado devido às escalações de ambos os times, o jogo foi morno, exceto pela polêmica de um gol anulado para o Jacaré.  O gramado da Boca do Jacaré não estava também nas melhores condições. Isso fez com que as equipes investissem com mais bolas disputadas no alto sem frequentes trocas de passes.

Mesmo assim, o time candango dominou a partida e chegou a ter um gol anulado por causa de um toque de mão do atacante Romarinho. O Brasiliense cruzou  bola na área durante toda a partida e teve dificuldades para trabalhar a bola no meio do campo, mérito da defesa do Galo. Já o time de Itu jogou retrancado e apostou nos contra-ataques, mas nenhum com êxito.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 0 X 0 ITUANO-SP

Campeonato Brasileiro Série D 2019 – primeira fase – 4ª rodada

26/05/2019, 15h30, Boca do Jacaré, Taguatinga-DF

Público: 834 pagantes

Renda: R$ 4.700,00

Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva/MG

A1: Marconi Helbert Vieira/MG

A2: Marcyano da Silva Vicente/MG

Quarto árbitro: Vanderlei Soares/DF

BRASILIENSE

Edmar Sucuri, Alex Murici, Lúcio, Badhuga e China; Aldo, David Manteiga, Fabinho (Maikon Leite) e Peninha (Edno); Romarinho (Reinaldo) e Michel Platini.

Técnico: Ricardo Antônio

Cartões amarelos: Michel Platini e Lúcio

ITUANO-SP

Pegorari; Pacheco, Mateus, Leo Rigo e Peri; Paulinho Dias; Correa, Serrato (Fellipe) e Marquinho (Angelotti); Gui Mendes e Claudinho (Luizinho).

Técnico: Vinicius Bergantin

Cartões amarelos: Peri, Luizinho e Paulinho Dias

Por João Victor

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção