Minas/Icesp perde em casa para o Internacional por 2 a 0

O Minas Icesp (DF) perdeu, neste domingo, para o Internacional (RS) por 2 a 0 em jogo realizado no Abadião, em Ceilândia, em partida válida pelo Brasileirão Feminino. Os gols foram marcados por Shasha (no primeiro tempo) e Mari (nos acréscimos da etapa final). O time de Brasília chegou a perder um pênalti quando a partida estava 1 a 0. O resultado deixa a equipe de Brasília apenas na 11ª colocação. A equipe gaúcha está em quarto lugar.

O jogo

O Minas Icesp começou com o controle da posse de bola e circulava a área do Internacional, mas não era efetivo. A única finalização foi de Robinha, que passou pelo lado direito do gol defendido por Yasmin.

Na primeira chegada das visitantes saiu o gol. Aos 11 minutos, Shasha recuperou a bola no círculo central e partiu em direção ao ataque. Sem marcação, a camisa 7 ajeitou para a perna direita e soltou a bomba da entrada da área. A goleira Deca até tentou, mas nada pode fazer. Bola no ângulo e 1×0 no placar.

Pouco depois, começou a chover forte no estádio e deixou o gramado pesado. As equipes começaram a ter dificuldades para tocar a bola.

Aos 28, um princípio de confusão. Após falta de Flavinha em Nycole, a jogadora do Minas foi tirar satisfação e houve troca de empurrões. O árbitro deu cartão amarelo para as duas.

Com 34 minutos, Flavinha arriscou de longe e carimbou o travessão. No ataque seguinte, Luana também bateu de fora da área, mas a bola foi para fora.

O Minas também chegou duas vezes com perigo. A primeira, aos 37, surgiu de uma cobrança de falta que foi desviada pela Sorriso e quase enganou a goleira. Aos 39, Nycole arriscou de fora da área, mas Yasmin estava bem posicionada e segurou firme.

Chance do empate

Aos 45, penalti para o Minas. Após lançamento para a grande área, Barbrinha foi atropelada e o árbitro Vanderlei Soares marcou a infração. Na cobrança, Neguinha isolou a bola por cima do gol.

No segundo tempo, as duas equipes começaram com muita correria, mas sem finalizações. A primeira chance foi aos 18. O Internacional trocou passes até a bola chegar na Shasha, que chutou pra fora. No lance seguinte, Nana experimentou de longe e obrigou Deca a fazer uma defesa em dois tempos.

A grande chance colorada de ampliar surgiu aos 21. Mari lançou Luana Grabias, que entrou na área, driblou a marcação e bateu forte no meio do gol. Deca, mais uma vez, fez bela defesa e encaixou a bola.

Aos 33, mais Inter. Flavinha bateu falta da intermediária e a bola passou perto do travessão. Aos 35, Fabi bateu de fora da área e a bola saiu a direita do gol.

A única chegada do Minas na segunda etapa foi aos 39. Após enfiada de boa, Nycole chutou rasteiro, no canto, e Yasmin se esticou toda para fazer a defesa.

Nos acréscimos, o segundo gol

O Inter ainda teve tempo de ampliar o placar. Aos 47, em rápido contra ataque, Shasha disparou pela esquerda e tocou no meio da área para Mari, sozinha e sem goleira, empurrar para as redes.

Próximo jogo

O Minas volta a campo dia 26/04, na reedição da Final da Série A2 de 2018, onde enfrenta o Vitória/BA, em Salvador.

Faaaaala, jogadora

A zagueira Flavinha, do Internacional, comentou sobre o jogo e a situação da equipe na competição:

 

FICHA TÉCNICA

Minas Icesp x Internacional

Brasileirão Série A1 – 5ª rodada

21/04/2019, 15h, Estádio Maria de Lourdes Abadia, Ceilândia-DF

Árbitro: Vanderlei Soares
A1: Leila Cruz
A2: Renato Gomes
Quarto árbitro: Luiz Paulo

MINAS ICESP
Deca, Lai, Kaka, Andiara, Drika; Neguinha, Barbrinha (Novinha), Bia; Nycole, Robinha (Paulinha), Ana Keyla (Ellen)

Técnico: Edmardo Simbo Teixeira

Gols:
Cartões Amarelos: Nycole, Barbrinha, Lai

INTERNACIONAL
Yasmin, Fabi (Kika), Sorriso, Flavinha, Carol; Thessa, Shasha, Nana (Leidi), Mari; Moretti, Luana Spindler (Luana Grabias)

Técnico: Maurício Moraes Salgado

Gols: Shasha (11’/1ºT), Mari (47’/2ºT)
Cartões Amarelos: Fabi, Flavinha

 

Por Vinícius Heck

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *