Jovem do Areal destaca-se no Sub-20 do Palmeiras

 

Destaque do Palmeiras Sub-20, Helderson Tavares dos Santos, nasceu e cresceu em Brasília e hoje coleciona títulos pela equipe paulista. Helder, como prefere ser chamado, tem 19 anos, 1,90m de altura e como o seu tamanho, o zagueiro manteve a sua esperança alta desde muito pequeno.

Hoje, emprestado pelo Ituano, o zagueiro defende a camisa alviverde e já ganhou os títulos do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2018, a Copa do Brasil Sub-20 de 2019, Torneio de Terborg de 2019, na Holanda e está atualmente na liderança do Campeonato Brasileiro de 2019.

Tal como outros jovens brasilienses, o sonho sempre foi o mesmo – se tornar um jogador de futebol. Desde os seus 8 anos, o zagueiro começou a treinar e disputar seus primeiros campeonatos em uma escolinha no Areal, onde cresceu e ficou anos. Durante esse tempo fez inúmeras peneiras, até passar em uma avaliação do São Paulo. Com 14 anos, mudou de estado e ficou em observação pelo clube.

A caminhada até o Palmeiras não foi fácil, “não tive meus pais em muitos momentos presente e tive que abrir mão de muita coisa para investir na minha carreira”, disse Helder, relatando as dificuldades de deixar sua casa muito novo. Muitos jogadores brasilienses migram muito cedo para outros estados, já que as oportunidades em Brasília são poucas e é aí que desafio fica mais difícil.

Helder teve uma passagem pela equipe do Fragatas, e do time sulista foi para o Ituano, onde assinou seu primeiro contrato profissional com apenas 16 anos. O jogador conta que: “mesmo diante de tantos desafios, minha família e principalmente minha namorada sempre me apoiaram” mas como não podiam estar presentes em todos os momentos, Helder teve que criar responsabilidade, tomar várias decisões e ser forte – sozinho.

“O futebol me ajudou a tornar o homem que sou”, disse Helder. Depois de sair de casa ainda muito novo, aprender a se virar sozinho e fazer vários testes em alguns clubes, o zagueiro conseguiu finalmente se firmar no Ituano, onde chamou a atenção do Palmeiras. “Fiquei muito feliz e ansioso em defender um dos maiores clubes do Brasil”, respondeu o jogador ao ser perguntado sobre a proposta do Palmeiras.

E depois de ser campeão brasileiro no Allianz Parque com quase 24 mil pessoas, Helder ainda tem sonhos, como o de defender a seleção brasileira em uma copa do mundo e para os brasilienses que estão começando agora, o zagueiro deixa um conselho em áudio:

Por Matheus Marques

Fotos: Divulgação

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção