Cursos e serviços gratuitos são oferecidos na Ceilândia 

A estudante Elisabete de Oliveira, 20 anos, passava o período do contraturno escolar apenas em casa, no Sol Nascente.  A rotina mudou desde que conheceu um projeto social realizado na Praça do Cidadão, na Ceilândia. Ela participa do projeto organizado pela Caixa Seguradora há dois anos e a primeira oficina foi a de breakdance

“Abriu a minha mente. A escola me restringia. Aqui eu sou eu mesma. Tenho suporte, me encorajam. Foi e é uma casa acolhedora”. Ela afirma ter amigos que gostariam muito de ter acesso ao projeto, mas moram longe e acabam ficando em casa em situação de vulnerabilidade social.    

O projeto funciona desde 2007 e atende jovens a partir dos 18 anos, que estão na maioria dos casos concluindo o ensino básico e que tem muitas dúvidas e dificuldades para se inserir na jornada acadêmica e no mercado de trabalho por falta de capacitação, experiências e falta de oportunidades.

A iniciativa do projeto leva em conta o fato de que o o jovem de periferia precisa de oportunidade para se descobrir sem  repressão. O projeto acontece de segunda a sexta-feira. No local, ficam disponíveis disponíveis computadores com acesso à internet, oficinas com  DJ, teatro, audiovisual, danças urbanas, biblioteca e até programação pré-vestibular. O objetivo é levar tecnologia social, oferecer mercado cultural aos jovens. O espaço usado é cedido pela Administração da Ceilândia.

Periféricos no topo

A Praça do Cidadão também é espaço para dança. Depois de participar do projeto “Jovem expressão”, o estudante Alex Botinno, de 21 anos, e outros colegas resolveram chamar  mais gente para participar de um grupo da dança “charme”.O rapaz é um dos  coreógrafos do grupo. 

As reuniões acontecem no espaço cedido pelo Jovem Expressão todos os domingos às 10h, onde ensaiam suas futuras apresentações e ensinam aos novos integrantes . A intenção do projeto é dar perspectiva a periferia e aos jovens que se vêm em uma situação de ociosidade, levar cultura e dar visibilidade. 

Por Beatriz Soares

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção