Com o fim do DFTrans, alunos reclamam do novo serviço

Depois da mudança de gestão do passe estudantil do DFTrans para a SEMOB (Secretaria de Transporte e Mobilidade), o atendimento para os estudantes não teve alteração de procedimentos. As mudanças que foram implementadas são de caráter administrativo e não alteram para os usuários, que continuam acessando o site do DFTrans para acompanhar seu cadastro, segundo a Semob. No entanto, estudantes ainda reclamam de atendimento difícil e demorado.

Com a volta às aulas, muitos estudantes enfrentam dificuldades com o passe livre, o prazo de vencimento do cartão e quantidade de acessos estão entre as principais reclamações.  “Todo semestre é a mesma coisa, só depois de uma semana da volta às aulas que o cartão volta a funcionar. Vários amigos meus enfrentam o mesmo problema, a gente já sabe que na volta às aulas vai dar problema e vai ter dor de cabeça”, afirmou Mateus Nascimento, 21 anos.

 

“Voltaram as aulas dia 5, tentei passar o cartão e apareceu vencido. Sem condições de ir ao DFTrans pessoalmente, tentei passar o cartão todos os dias e sempre aparecendo a mesma mensagem. Somente na sexta-feira, dia 9, pude ir pessoalmente. Sai de lá com a confirmação de que meu cartão passaria segunda”, diz a estudante de psicologia, Valéria Araújo.

A universitária recorda que na segunda-feira a mesma mensagem de cartão vencido apareceu. “Como vou para a faculdade à noite, já não dava mais tempo de ir ao DFTrans. Fui na terça e, só após isso, finalmente consegui usar o meu cartão tranquilamente”. A estudante de psicologia ainda relata que não foi a primeira vez que enfrentou problemas com o passe. “Foram vários meses para fazer o cartão, só resolveu quando reclamei na ouvidoria do GDF”.

Quando procurado para esclarecimentos, o novo serviço não respondeu aos questionamentos.

O passe estudantil é concedido aos alunos das escolas públicas e privadas de Brasília, conforme prevê a Lei nº 4.462, de 13 de janeiro de 2010. O serviço concede passagens 100% gratuitas, e atende cerca de 200 mil alunos, segundo o próprio DFTrans.

Por Brenna Farias

Imagem: Dênio Simões/Agência Brasília

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção