Batalhão da PM promove ações esportivas e culturais com 1670 pessoas no Guará II

Pelo menos 1.670 pessoas sem armas passaram a ocupar o 4º Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal (BPMDF), no Guará II. Elas participam do projeto “Prevenindo com arte”, que promove ações esportivas e culturais durante toda a semana. A ideia dos militares é beneficiar e se aproximar da comunidade para conscientizá-la a respeito do papel da segurança pública.  

O projeto começou em novembro de 2015 e não tem limite de idade. Ao todo, são 19 modalidades esportivas e musicais. 

Participantes da iniciativa participam de atividade de ginástica para terceira idade. Foto: Projeto Prevenindo com Arte

O coordenador da ação, sargento Giovanni Kleber, destaca que o projeto tem como finalidade promover a frequência de crianças e adolescentes na rede regular de ensino. “É um projeto aberto para a comunidade. Com as crianças, fazemos uma pequena gincana sobre as avaliações escolares, em que cada mês solicitamos a apresentação de alguma prova realizada no período. Este mês é com os exames de matemática. Temos um lema que é “bom de bola…bom na escola”.

O grupo de muay thai e o kickboxing, por exemplo,  já competiu na Argentina e no Chile. “Alguns dos nossos alunos já conseguiram alcançar o índice sul-americano nas artes marciais. E neste ano, a nossa equipe foi para Recife participar de uma outra competição. Dois dos nossos atletas master de Taekwondo conseguiram ser os primeiros colocados em um campeonato no Rio de Janeiro”, afirmou.

Atualmente, existem 48 projetos sociais dentro da Polícia Militar. O projeto no Guará é o que agrega mais modalidades. No 13º Batalhão, em Sobradinho,  há pelo menos 10 esportes, local em o militar trabalhava antes de ser convidado para realizar a montagem da iniciativa no 4º BPM.

Por João Paulo de Brito

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: João Paulo de Brito