A Virada, 25 anos da Queda do Muro de Berlim


A mostra de cinema a virada- 25 anos da queda do muro de Berlim traz um tema emocionante para o público brasiliense refletir. Com dezenove filmes alemães, entre eles documentários e animações, revelam a vida cotidiana da Alemanha Oriental até o momento da queda do muro.
Sabine Plattner, organizadora do evento, viveu essa realidade, acompanhando de perto toda a reviravolta na Alemanha Oriental que mudou a vida das pessoas radicalmente. Ela afirma que esse evento é uma excelente oportunidade para a geração de jovens que nasceu depois da queda tirar lições para o presente e para o futuro. “Para essa geração conhecer de uma forma divertida e lúdica o que aconteceu naquele período, os motivos da construção do muro e sua derrubada.” Outra oportunidade oferecida é a reflexão sobre o valor da democracia na nossa vida hoje.

NIKOLAIKIRCHE_1
Cena do filme “Igreja de São Nicolau”

O filme “o trem para a liberdade” é inédito no Brasil e fará parte dos selecionados. Além dos filmes, a mostra traz uma exposição de fotos retratando a queda do muro e a reunificação alemã. Sabine afirma que o público brasiliense está aberto para filmes estrangeiros, além dos americanos. E ela espera que esse evento seja um sucesso, ”eu espero sinceramente que o cinema esteja cheio todas as noites, que as pessoas venham e reflitam sobre a importância do evento e a importância do evento para os dias de hoje”, afirma.

Segundo Sabine, a mostra é uma oportunidade de refletir o que é a democracia e a ditadura, tirando conclusões sobre esse assunto. A mostra vai até doze de novembro, no Cine Brasília e a entrada é franca.

Por Juliana Braz 

Post Author: Editor Agencia CEUB