Dia dos namorados: N(amor)o Livre

O namoro envolve duas pessoas que se gostam tanto a ponto de quererem compartilhar. Seja a vida, as dores, as alegrias, o conceito de um relacionamento trata de diversos compromissos. Às vezes, esse compromisso engloba a atração por outras pessoas. Talvez até necessidades de diálogos que o parceiro não satisfaz. É traição quando realizar essas vontades é acordado entre o par?

Ainda persiste o tabu, o que gera discussões. Desde reflexões sobre as relações na pós-modernidade até ideais de posse sobre alguém. Ciúme é um sentimento que prende as pessoas? Sentir vontades é traição ou negar satisfações é trair a si mesmo?

Confira a matéria na integra:

N(amor)o Livre

Por Vinícius Brandão e Bruna Maury

Arte: Marcelo Lima

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção

2 thoughts on “Dia dos namorados: N(amor)o Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *