Projeto Rondon: uma extensão da sala de aula

O coordenador geral do Projeto Rondon, General Schneider; o secretário de Pessoal Ensino Saúde e Desporto do Ministério da Defesa, General Silva e Luna; além  do representante do Ministério da Educação, professor Vicente Júnior, destacaram as principais contribuições para inclusão social de segmentos carentes da população brasileira do projeto coordenado pelo Ministério da Defesa. Eles abordaram assuntos como o impacto da crise econômica que o país enfrenta na continuidade do projeto, o desafios para os próximos 10 anos, as principais mudanças nas comunidade apoiadas e como o Rondon contribui para a educação universitária “O Projeto Rondon tem natureza extensionista e é uma verdadeira sala de aula”

Para o general Schneider “a grande conquista nos 10 anos de reativação do programa foi o fortalecimento da cidadania do universitário e a contribuição dele com comunidades carentes”.

O general Silva e Luna contou de que forma a crise atinge o programa: “A crise afeta o Projeto Rondon, uma vez que quando não se tem recurso orçamentário, diminui o número de participantes. Estamos tentando procurar iniciativas inovadoras, transformando aquilo que é nacional em regional”.

Confira o vídeo completo com as entrevistas realizadas pela Agência de Notícias UniCEUB:

Por Júlia Campos (texto)

Laylla Nepomuceno (foto)

Marcelo Oliveira (vídeo/edição audiovisual)

Isa Stacciarini (edição texto)

A equipe viajou para Florianópolis a convite do Projeto Rondon

 

Post Author: Editor Agencia CEUB