NBB: Brasília é derrotado pela Unifacisa na 1ª partida de 2022

Em partida válida pela 11ª rodada do 1º turno do Novo Basquete Brasil (NBB), o Brasília Basquete recebeu, na tarde de domingo (9), a Unifacisa na Arena BRB Nilson Nelson, em Brasília, e acabou derrotado por 79 a 60. O destaque dos mandantes foi o ala-pivô Gemerson, com 13 pontos. Os visitantes contaram com cinco jogadores pontuando dez pontos ou mais, o ala-armador Gaskins (18), o pivô Antonio (15), o armador Cubillan (13), o ala-armador Crescenzi (12) e o pivô Gerson (10).

O resultado complicou ainda mais a vida do time candango, que, com apenas duas vitórias e 13 derrotas, amarga a lanterna isolada da competição. Por outro lado, a equipe paraibana se consolidou na sexta colocação e deu mais um passo para confirmar sua presença na Copa Super 8, torneio que reúne os oito primeiros colocados do NBB e marca o encerramento do 1º turno de jogos.

O grupo comandado por Regis Marelli segue na lanterna do NBB. (Foto: Bernardo Guerra)

Quem erra menos…

O início do confronto ficou marcado por erros coletivos das duas equipes. Ambas conseguiram aproveitar tais oportunidades, o que deu dinamismo a um embate que flertava com a monotonia causada pela falta de criatividade ofensiva. O diferencial que levou a Unifacisa a construir uma pequena vantagem de cinco pontos foi as atuações do armador venezuelano David Cubillan e do pivô Antonio, que combinaram para 15 dos 21 pontos do time no primeiro quarto.

Esperança

No entanto, o Brasília entrou mais ligado para o segundo período e, com o apoio dos poucos presentes no Nilson Nelson, conseguiu trazer esperança de mudar o destino que aparentava para a disputa. O principal responsável pela alteração de cenário foi o armador Ricardo Fischer, a contratação de destaque do time para a temporada.

Ao longo da etapa, ele anotou oito pontos com 75% de aproveitamento dos arremessos de quadra. O jogo coletivo dos candangos também impressionou, uma vez que sete dos nove jogadores relacionados para o jogo pontuaram e ajudaram o grupo a virar a partida antes do intervalo, 41 a 33.

O armador Fischer (direita) foi o destaque do Brasília Basquete no segundo quarto. (Foto: Bernardo Guerra)

De volta ao domínio

Entretanto, na volta dos vestiários, a Unifacisa emplacou uma sequência de 15 pontos sem resposta durante os quatro primeiros minutos do terceiro período, o que fez com que a vantagem e o momento positivo construídos pelo Brasília acabassem rapidamente. O ala-armador Kevin Crescenzi e Cubillan combinaram para 16 dos 23 pontos da equipe de Campina Grande no quarto, garantindo a liderança por 56 a 49 no fim.

No último quarto, os paraibanos só tiveram o trabalho de estender a vantagem e controlar o resultado que os favorecia. O Brasília, por sua vez, demonstrou a recorrente falta de coordenação dos movimentos ofensivos e defensivos, que, combinada com a apatia dos jogadores, concretizou mais uma derrota na capital federal.

Próximos jogos 

O próximo confronto do Brasília Basquete será às 20h desta terça-feira (11) contra o Basquete Cearense Fortaleza, na Arena BRB Nilson Nelson. No mesmo dia, às 20h30, a Unifacisa permanece na capital para enfrentar o Cerrado Basquete no Ginásio da ASCEB.

Por Thiago Quint
Imagens: Bernardo Guerra
Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção