Cerrado Basquete vacila no início e perde em casa para o Minas

O Cerrado Basquete perdeu para o Minas Basquete nesta terça-feira (7/12), no Ginásio da ASCEB, em Brasília, sob o placar de 74 a 90, em partida válida pelo Novo Basquete Brasil (NBB).

A partida marcou o retorno da equipe brasiliense à sua casa após vencer o Corinthians em São Paulo. Aliás, ambos os times vinham de vitórias e tinham o objetivo de abrir uma sequência positiva.

Dawkins foi o cestinha do Cerrado na partida (Foto: Gabriel Fontoura)

Início com apagão

A partida teve um início para os brasilienses com seguidos erros nos arremessos e passes. O Minas soube tomar vantagem da situação e, com um aproveitamento de 48% em seus arremessos, abriu 11 a 0 nos primeiros cinco minutos do quarto.

O técnico do Cerrado, Bruno Lopes, foi obrigado a fazer um pedido de tempo para tentar parar o bom momento dos visitantes. A estratégia deu certo e o Cerrado foi capaz de se recuperar do baque inicial, com 13 pontos na metade final do quarto e equilibrando a partida. O Minas estava com 20 pontos ao soar a sirene de término do primeiro quarto.

Leia mais do NBB

Ainda correndo atrás do apagão nos minutos iniciais da partida, o Cerrado começou o segundo quarto de forma mais ofensiva, priorizando a quantidade de arremessos acima da qualidade dos mesmos, resultando em um aproveitamento abaixo do ideal, mas conseguindo uma boa pontuação de qualquer forma.

Por outro lado, o Minas manteve o mesmo bom rendimento, sem diminuir a intensidade apresentada no primeiro quarto e disputando cada posse de bola, em busca de aumentar a vantagem do placar. O segundo quarto encerrou com o placar geral de 30 a 42 para o Minas Storm.

Equilíbrio

O terceiro quarto foi o mais equilibrado entre as equipes. Liderados pelo armador norte-americano Kenny Dawkins, que anotou nove pontos no quarto, o Cerrado não deixou o Minas aumentar a vantagem. O resultado final do quarto foi 22 a 23 para Minas, que dependeu do desempenho coletivo da equipe para não deixar o time da casa começar uma virada de placar.

Alexey, Miller e Johnson Sr. marcaram mais de cinco pontos cada no quarto para os visitantes. O placar geral encerrou em 52 a 65 ao final do terceiro quarto.

Alexey foi o grande destaque da partida (Foto: Gabriel Fontoura)

Sem fôlego

No último quarto da partida, a vitória do Minas foi selada pelas atuações do armador Alexey e o ala-armador Gui Santos, deixando 7 pontos no placar cada, com 100% de aproveitamento nos arremessos. Os brasilienses acabaram perdendo fôlego nos minutos finais, apresentando dificuldades de acompanhar os ataques do Minas. Com uma vantagem de 22 pontos no placar e apenas um minuto e meio no relógio, ambas as equipes deixaram os reservas e jovens entrarem em quadra para pegar minutagem.

O ala de 22 anos, John, se destacou para o Cerrado, conseguindo marcar cinco pontos e pegar um rebote nesses momentos finais. O quarto terminou com o placar de 22 a 25 para os visitantes, sendo 74 a 90 no placar geral. Vitória do Minas Storm.

Destaques da partida

Alexey Borges foi o destaque da partida, o armador liderou o Minas em pontos, rebotes e assistências, anotando 19, oito e sete, respectivamente em cada categoria. Outro destaque do Minas foi o ala-pivô Miller, com 14 pontos e seis rebotes. Do lado do Cerrado, Kenny Dawkins foi quem se sobressaiu, com 17 pontos, seis rebotes e cinco assistências.

Próximas partidas

O Minas volta às quadras na quinta-feira (9/12), contra o outro time da capital e lanterna do NBB, Brasília Basquete, na Arena BRB Nilson Nelson. Já o Cerrado parte para uma sequência de três jogos fora de casa, o primeiro sendo o clássico candango do NBB, também contra o Brasília Basquete, no sábado (11/12). 

Por Bernardo Guerra
Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção