Musicista lança álbum em homenagem à mãe e à avó, vítimas da covid-19

Nesta quinta-feira (11), a musicista Mirian Marques irá lançar seu segundo álbum, o EP Mother, uma homenagem à sua mãe e avó, ambas vítimas da pandemia de Covid-19. O projeto conta com cinco faixas, todas intituladas com frases ditas por sua progenitora, como “Bonita igual uma cabrita” e “Meio de cada lado”, e estará disponível nas plataformas digitais. 

Mirian perdeu a avó, Adelina, em setembro do ano passado, e a mãe, Walkyria, em março deste ano. Apesar do sentimento de luto e tristeza, as faixas do álbum são alegres, especialmente pela personalidade da mãe, que sempre foi uma mulher muito feliz e sorridente. Assim, a musicista buscou lembranças dos bons momentos vividos. “É por isso que as músicas são alegres, elas têm esse tom transcendente que rompe com a tristeza. O luto é eterno, ele vai durar por toda minha vida, mas dá para romper com a tristeza, que é inerente ao luto”, contou.

Mirian e sua banda para o EP Mother (Foto: Clayton Rodrigues/Divulgação)

Mesmo sendo um projeto muito pessoal e com diversos elementos que remetem as mulheres de sua vida, Mirian reforça que “não se trata de uma homenagem somente para minha mãe e minha avó, é para todas as pessoas que se foram e as que perderam alguém na pandemia”. Entre as cinco faixas do álbum, Mother é a que mais toca a artista, com as castanholas e ritmo flamenco que, mesmo sem “ter nada a ver” com a mãe, Walkyria, são a cara dela.

A cantora torce também para que as demais pessoas demonstrem um interesse pela música do cenário independente, como é seu caso, para que atinja o maior público possível, e que eles, por sua vez, se emocionem junto nesse trabalho, que também homenageia todos aqueles que se foram por esse vírus. “A morte pega a gente de surpresa e de jeito, mas podemos ressignificar”.

Mirian em seu ensaio de divulgação do novo álbum (Foto: Juliana Caribé/Divulgação)

Mother estará disponível nas plataformas digitais no dia 11 de novembro, e conta com diversos nomes nos bastidores. Daniel Baker no piano, Edson Arcanjo no violão e na guitarra, Hamilton Pinheiro no baixo, produção e diretor musical, Pedrinho Almeida na bateria, Marcos Pagani na técnica, com apoio de Rafael de Souza e Cleiton Rodrigues, além de, claro, Walkyria e Adelina, que certamente estão “dançando, morrendo de rir e orgulhosas”, como diz Mirian.

Redes sociais:

Instagram: @mirianmarquesmusician

YouTube: Mirian Marques

Site oficial: http://www.mirianmarques.com/ 

Por Arthur Ribeiro
Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção