Profissionais de diferentes áreas atuam em ação para saúde de crianças e adolescentes do DF

O projeto educação para saúde (PEES), coordenado pelas professoras  Magda Verçosa Carvalho Branco e Marília de Queiroz Dias Jácome do CEUB, visa desenvolver o caráter biopsicossocial. Atendem a instituição “Promovida” com atividades semanais que complementam o ensino das escolas regulares.

Amanda Chiminazzo, estudante de psicologia, explica que o tema principal abordado é saúde e coletividade. E buscam explorar as habilidades dos estudantes mesmo com assuntos delicados.

Durante a pandemia, desenvolveram um site interativo para manter contato com os estudantes, mesmo a acessibilidade sendo um problema para alguns dos estudantes. “Uma forma interativa de transformar a aprendizagem”.

Confira a palestra na íntegra

Rodinele Silva Ferreira, estudante de enfermagem, ressaltou que o projeto é uma forma de desenvolvimento pessoal e coletivo. “Trazer para campo o amadurecimento dos extensionistas [da universidade] e adolescentes”.

Para ele, a maior dificuldade de colocar em prática o projeto foram os obstáculos do meio virtual para chegar até ao público alvo.

Chiminazzo ainda demonstrou que o desenvolvimento do trabalho de liderança, comunicação e resolução de conflitos, incentivados no projeto, são de extrema importância para o futuro das crianças e adolescentes.

Marília Jácome, professora coordenadora do projeto, salientou que a interatividade entre estudantes de diferentes cursos da área de saúde promove um bom fluxo de trabalho, sempre com inovações e mudanças.

A apresentação do projeto foi realizada durante o “4º Encontro de Extensão e 17ª Campanha de Responsabilidade Social do CEUB”.

Por Maria Eduarda Cardoso
Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção