DF garante que haverá proteção para público e patrimônio no 7 de setembro

Em meio à crise institucional e alta taxa de contaminação por covid-19, as comemorações alusivas ao 199º aniversário ocorrerão no Palácio da Alvorada com restrição de público. O Ministério da Defesa informou que os tradicionais desfiles militares não serão realizados em decorrência da pandemia e que as Forças Armadas ficarão responsáveis pelo hasteamento da bandeira. No entanto, manifestações (principalmente em apoio ao governo de Jair Bolsonaro) estão sendo organizadas para o 7 de setembro em diversas capitais do país através das redes sociais.

Acompanhe notícias sobre segurança pública

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) declarou que elaborou um planejamento de proteção da comunidade e do patrimônio público em parceria com as Forças de Segurança do Distrito Federal e outros 29 órgãos de segurança. Ainda destacou que o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), faz acompanhamento de todo ato ou evento.

Créditos: Ag. Brasil – Marcello Casal Júnior

Limites

 

A SSP/DF ainda ressaltou o direito de manifestação dentro dos limites constitucionais. “Realizar manifestação é um direito fundamental expresso no inciso XVI, do Artº 5, da Constituição Federal”, disse a Secretaria em nota à Agência de Notícias. Vale enfatizar que os órgãos de segurança trabalham em conjunto para corroborar com a segurança,  mobilidade, fiscalização e saúde da população.

O cantor Sérgio Reis e o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) estão sendo investigados pela Polícia Federal (PF), em razão da incitação de atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas instituições. Com o objetivo de pressionar a Suprema Corte, Reis convocava paralisações de caminhoneiros para o dia 6 de setembro, dia anterior ao feriado da Independência. Além disso, desejava retirar os ministros do STF e ameaçava membros do Congresso Nacional em contrapartida à rejeição do voto impresso.

O STF declarou que ainda não tem informações acerca da segurança do feriado e a Câmara dos deputados informou que a proteção da instituição e dos parlamentares são consideradas sigilosas.

Por Maria Eduarda Cardoso e Maria Eduarda Bacellar
Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção