Manifestações dividem Esplanada; veja fotos

Neste último domingo (21), a Esplanada dos Ministérios voltou a se dividir ao ao meio para viabilizar as manifestações a favor e contra o governo de Jair Bolsonaro. No protesto que se intitula “anti racista” e “antifascista” em Brasília. O evento começou às 9h no Teatro Nacional e aconteceu em paralelo à passeata pró Bolsonaro, a qual acontece com frequência desde o início da pandemia, ambas acabaram por volta de 13h. Os manifestantes se concentraram no Teatro Nacional e marcharam em direção ao Congresso, com bandeiras, cartazes e gritos contra o racismo, o fascismo e defendendo a democracia. Do outro lado da Esplanada, partindo pelo Museu da República, a manifestação pró Bolsonaro tinha uma maior concentração e número de pessoas, as quais exigiam pautas como o fim do comunismo e o fechamento do STF.  

Foto: Gabriela Gallo

 

Ao contrário “Vidas negras importam. Impeachment já”. Foto: Gabriela Gallo
Do outro lado do gramado da Esplanada, apoiadores do presidente protestaram a favor do governo simultaneamente. Foto: Gabriela Gallo

O evento foi organizado pela Ação Antifa DF juntamente com torcidas organizadas, especialmente a do Corinthians. Apesar de provocações entre os protestantes pró governo e anti governo, o evento foi pacífico sem forte intervenção da polícia. Em determinado momento, quem conduzia as falas do movimento pediu que os manifestantes virassem de costas – a maioria virou, levantou o punho direito num símbolo de resistência, alguns de ajoelharam lembrando a morte do norte americano George Floyd. Todos os participantes usaram máscaras e alguns distribuíram álcool em gel para quem estivesse por perto.

 

Foto: Gabriela Gallo
Foto: Gabriela Gallo

Por Gabriela Gallo

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção