Flamengo: “Estamos em outro patamar”, diz Jesus após título

Após a vitória do Flamengo por 3 a 0 sobre o Athletico Paranaense, no Mané Garrincha, em Brasília (DF), e o título da Supercopa do Brasil, o técnico da equipe carioca voltou a afirmar que o time está em outro patamar.

Jorge Jesus disse que os objetivos do Flamengo são diferentes dos outros times do Brasil. “Mas não deixa de ser uma equipe igual todas as outras. Nós respeitamos muito. Estamos no mesmo nível que eles, mas felizmente, nos objetivos, estamos em outro patamar.”

Para o atacante Gabriel Barbosa, autor do segundo gol da vitória, o resultado é fruto da união de todo o grupo. “Já fui artilheiro do Brasileirão, da Copa do Brasil. Isso é bom, engrandece as marcas. Mas desde que cheguei no Flamengo, falei que minhas metas são coletivas”.  Com o gol marcado no jogo, Gabigol ultrapassou Adriano Imperador na lista de artilheiros da história do Flamengo, com 47 gols, um a mais que Adriano.

O técnico do Athletico-PR, Dorival Júnior, elogiou o Flamengo. “É um caminho sem volta quando você estrutura uma equipe e passa a pinçar elementos que se destaquem. Este é o caminho que equipes europeias acabam trilhando. Vemos no Real Madrid, no Barcelona, No Bayern. O Flamengo trabalhou muito para que isso fosse uma realidade”.

O jogo 

Flamengo começou o jogo a todo vapor e pressionando muito. Aos 3 minutos uma bela jogada sai pela direita com Arão tabelando com Gabigol que invade a área e chutou cruzado, mas a bola desviou e o goleiro Santos espalmou para fora. Até os 15 minutos de jogo o Flamengo dominou a partida com poucas chance de ataque do Athletico.

Aos 14 minutos de jogo Bruno Henrique abre o placar. Gabigol recebeu na direita e cruzou na medida para o Bruno Henrique que subiu sozinho para cabecear para o gol. Aos 20 minutos de jogo o Flamengo mantém 66% de posse de bola e já finalizou cinco vezes, contra nenhuma do Athletico.

Imagem: Alexandre Vidal/CRF

Gabriel Barbosa aproveitou um erro do lateral do Athletico, Márcio Azevedo, que tentou ajeita de peito para o goleiro Santos mas acabou deixando a bola para o Gabigol que aproveitou para marcar o segundo gol do jogo aos 28 minutos.Na tentativa de criar a primeira chance do Athletico, Rony, camisa sete, dominou bem a bola perto da grande área mas sofreu a falta. Marquinhos Gabriel cobrou a falta direto, as a bola passou pouco por cima do travessão, levando perigo pela primeira vez ao gol do Diego Alves.

 

Aos 40 minutos do primeiro tempo Gabigol apertava a saída de bola forçando o goleiro Santos sai da área e dar um chutão, a bola acabou caindo nos pés de Marquinhos Gabriel que estava sozinho. O camisa 10 do Athletico saiu da marcação de Rodrigo Caio, entrou na área e bateu cruzado, mas Diego Alves defendeu.

 

O Athletico continuou criando boas chances nesse final de jogo, dessa vez com Rony que recebeu pela esquerda, passou pelo Rafinha e bateu rasteiro, Erick se esticou livre mas não conseguiu empurrar a bola para o gol. Durante o primeiro tempo o Flamengo teve 59% de posse de bola, contra 41 do Athletico. O time carioca finalizou 6 vezes e a paranaense 4.

 

Segundo tempo

 

O Flamengo consegue manter mais posse de bola no começo do segundo tempo mas sem criar tantas chances igual no primeiro. O Athletico joga melhor do que jogou no início da primeira etapa mas também não teve nenhuma chance com perigo. Aos 15 minutos do segundo tempo Gabigol pegou uma sobra de bola e disparou pela direita e toca a bola enfiada para Bruno Henrique que estava na área, o atacante tentou driblar o goleiro, mas Santos levou a melhor e corta o lance, salvando o Athletico.

Aos 19 minutos o Athletico Paranaense tem uma chance com Bissoli que recebeu um cruzamento de Erick, mas cabeceou no meio do gol nas mãos do goleiro Diego Alves. Na marca de 23 minutos dispara com velocidade pela esquerda, invadiu a área e tentou tocar para Gabigol. O goleiro Santos desviou e a bola sobrou para Arrascaeta que encontrou um gol livre e marcou o terceiro do Flamengo.

Aos 29 minutos Nikão vai a linha de fundo e cruza para Bissoli que vinha por trás. Bissoli tenta de letra, atinge Rodrigo Caio e tenta novamente na sobra, carimbando o travessão do Flamengo. O Athletico aproveitou um contra ataque no final do jogo para tentar diminuir o placar, Bissoli recebeu na entrada da área e soltou uma bomba para o gol do Flamengo. Diego Alves estava bem posicionado e fez uma bela defesa.

Por Vitoria Von Bentzeen

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção