Pesquisador do Planetário explica o que é o buraco negro

Após a divulgação nesta semana da primeira foto de um Buraco Negro (que fica a 5 milhões de anos-luz da Terra), o pesquisador Adriano Leonês, professor do Planetário de Brasília, esclareceu que a visualização do fenômeno previsto por Albert Einstein é uma grande conquista para a ciência. “A foto é resultado de anos de processamento de informações derivada da equipe Event Horizon”, afirma. O buraco negro, propriamente dito, é a região escura, na imagem. “Mas na escala tridimensional, é uma esfera”, o que se assemelhou ao que está no filme Interestelar (2014), de Christopher Nolan.

“O Buraco Negro fica localizado na galáxia M87, na direção da Constelação de Virgem. Estima-se que ele tem 6.5 de massas solares. O tamanho estimado é de 40 milhões de quilômetros, de ponta a ponta”

A novidade chamou a atenção e a curiosidade dos brasilienses também. O  professor afirma que o buraco negro da galáxia M87 não causa nenhum risco ao Planeta Terra.  “O Buraco Negro, que está ‘próximo’ a nós, não foi visto pelos cientistas porque está no centro de uma galáxia pequena, o que dificulta a observação”.

Nas ruas, a curiosidade…confira

Por: Andressa Matazzo

Imagem de vídeo: Henrique Kotnick

Com supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção

One thought on “Pesquisador do Planetário explica o que é o buraco negro

  • Eduarda Silva

    (12 de abril de 2019 - 20:12)

    Amei essa matéria, q legal o projeto de vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *