Minas/Icesp enfrenta o São José na estreia pelo Campeonato Brasileiro Feminino A-1

O Minas perdeu. Saiba mais.

Abaixo está a prévia do jogo

O Minas/Icesp estreia no Campeonato Brasileiro Feminino A-1 neste sábado (16). A equipe irá enfrentar  o São José (SP) às 15h, no estádio Maria Abadia, popularmente conhecido como Abadião.

O jogo, válido pela primeira rodada da competição marca, a primeira participação do time candango na principal liga nacional. Esse feito foi possível após o Minas/Icesp ser campeão da série A-2, ao vencer o Vitória (BA), no mesmo ano em que estreou na competição.

Focada na atual edição, a equipe da capital conta com cinco novos reforços. A goleira Valéria, que atuava pelo Ceilândia, foi contratada para revezar no gol com a veterana Kris. Para a defesa, o clube contratou a zagueira Thaís, ex-Rio Preto, e a  lateral direita Da Roça. O setor de meio-campo foi reforçado com a chegada da meia Ana, ex-Rio Preto, e Nadima Skeff, que atuava nos Estados Unidos.

O visitante

Experiente e multi campeão, o São José foi fundado em 1933. O clube faturou três vezes a Copa Libertadores da América de Futebol Feminino, além de ter conquistado duas vezes a Copa do Brasil de Futebol Feminino. Para o confronto, a equipe paulista vem a campo com o retrospecto de duas derrotas, duas vitórias e um empate.

A competição

O campeonato feminino A-1 é organizado em quatro fases. A primeira é de pontos corridos, na qual  os 16 times se enfrentam em turno único. Os oito primeiros colocados se enfrentam no mata-mata de quartas de final, enquanto os quatro piores são rebaixados diretamente para a série A-2 do campeonato. Após essa fase, os times vencedores vão para semifinais e depois para a final, sucessivamente.

O árbitro responsável pela partida será Maguielson Lima Barbosa, de 27 anos.

O ingresso da partida será liberado em troca de 1 kilo de alimento não perecível.  

 

Texto por: Vitória Von Bentzeen

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *