Jornalismo: Cristina Serra traz, em livro, histórias da tragédia de Mariana

A jornalista Cristina Serra lançou o primeiro livro da carreira intitulado “Tragédia em Mariana” (editora Record). “Foram quase 3 anos de trabalho. Eu queria sobretudo contar a história das 19 pessoas que morreram essa foi a primeira coisa que veio na minha cabeça”, destacou a jornalista.  A ideia obra surgiu depois que Cristina Serra fez uma série de seis reportagens sobre a cobertura do desastre para o Fantástico quando ainda era repórter da TV Globo.

Segundo ela, o aspecto humano tem um peso grande no livro, embora o conteúdo não abranja apenas esse lado. Pois, a apuração reconstitui minuciosamente os dias que se sucederam ao desastre e o esforço dos primeiros promotores de se criar uma Lava-Jato no setor ambiental. “Sensação de missão cumprida”, completou Cristina Serra sobre o lançamento do livro.

Além de homenagear as vítimas do desastre, o objetivo da narrativa é prevenir outras tragédias. “Eu espero que sirva de alerta para que outras tragédias como essas não aconteçam.” Os 22 capítulos que compõem o livro apresentam ao leitor desde a história do primeiro Natal dos familiares pós-tragédia até os alertas que dos especialistas.

Por Isabela Guimarães e Igor Brandão

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

Post Author: Agencia de Noticias Uniceub

Professores e estudantes do curso de jornalismo construindo um projeto de extensão para promover práticas e repensar rotinas de produção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *