Covid-19: profissionais e pacientes no DF lamentam superlotação e falta de equipamentos; secretaria nega

O estudante de medicina André Thiago Perez, 20 anos, está sendo apresentado à realidade da profissão de uma forma traumática. “Faltam equipamentos de proteção individual (EPIs), leitos e máscaras de oxigênio”, explica. Na rotina, 35 horas trabalhadas, durante três dias seguidos, em diferentes hospitais do Distrito Federal: Taguatinga, Ceilândia e Gama.    O acadêmico participa […]