Bossa Nova: maestro Carlos Prazeres defende quebrar fronteiras entre o clássico e o popular

A Bossa Nova completa 60 anos em 2018, o que motiva releituras e revisitas a um gênero que marca a música popular brasileira. Uma dessas iniciativas é do maestro Carlos Prazeres, que, em parceria com duas empresas privadas, conseguiu recursos via Lei Rouanet para viajar pelo Brasil para mesclar os gêneros. Segundo o regente, a […]